domingo, 9 de abril de 2017

ALMI EXPLORER – Crude oil tanker, descarregando crude no Terminal Oceânico. Chegada no dia 5 de Abril cerca das 9h, partida no dia 6 cerca das 17 h.  


TERMINAL OCEÂNICO DA GALP, em Leça da Palmeira. A refinaria da Galp, em Matosinhos, tem um sistema que permite aos petroleiros descarregar sem entrar no Porto de Leixões, através de uma monobóia (cor amarela) com uma ligação de mais de 3 quilómetros a terra. Alguns detalhes da MONOBOIA: Diâmetro – 12,0 mt Diâmetro interior – 3,552 mt . Caudal de descarga – 7.800m3/hr. Fundeada com 12 amarras.

NOTA EXPLICATIVA DAS IMAGENS: O navio é o ALMI EXPLORER, com o IMO 9579547, bandeira da Libéria, ano 2013, com um PB de 157.787 t, medidas 274 m x 48.04 m, e está ligado à Monoboia  para descarregar crude.. As imagens são capturadas de terra, portanto a cerca de 4 kms. O navio não oferece sempre a mesma vista, porque depende do estado do mar e do vento. Para assegurar a estabilidade da operação, está o tempo todo perto do navio um TUG especial, o “Castelo de Óbidos”, que permanece no local enquanto é feita a descarga total do crude, até à partida do navio.
OBS: Através de 14 imagens pretende-se que o leitor fique integrado nesta delicada operação, na qual o navio está de proa constantemente virada para orientações cardiais ou colaterais diferentes, e é visível como no dia da chegada, nem se vislumbra quase a linha de água, por ele vir muito carregado, e no dia da partida a linha de água estar muito acima da superfície do mar.